14 junho 2011

O TÚNEL GREGO

Pelo que parece, os gregos estão a limpar um túnel antigo que liga o parlamento helénico com o porto de Piraeus para que os parlamentares possam escapar da fúria popular caso se dê uma eventual invasão do parlamento esta quarta-feira, o dia em que o novo pacote de austeridade será discutido pela assembleia grega. Enfim... ao que chegámos...

4 comentários:

Miguel Loureiro disse...

Dr. Álvaro
Estou com o que diz: Ao que chegamos! Mas não seria mais correto dizermos: Ao que nos fizeram chegar!
Posso aproveitar para perguntar se a Reestruturação "suave" da dívida grega é o começo da capitulação "suave" dos credores?

Alvaro Santos Pereira disse...

Caro Miguel
Sim, é uma mescla do "ao que chegámos" e "ao que nos fizeram chegar". Penso que no processo de endividamento explosivo há culpas dos dois lados. Penso que a "reestruturação" suave é só um eufemismo ou, quiçá o primeiro passo, para uma verdadeira reestruturação da dívida grega, que será feita mais cedo ou mais tarde. E os credores sabem disso perfeitamente. Os políticos e as instituições financeiras de alguns países é que estão a tentar adiar a resolução do problema o mais que podem...
Abraço
Alvaro

Carlos Melo disse...

Os nossos governantes estão a trabalhar nesse sentido. Não tardará muito que S.Bento ficará ligado ao aeroporto pela linha do Metro.
Até lá, trataram de aumentar os efectivos da GNR (ao mesmo tempo que congelavam todas as entradas nos serviços do Estado), abrindo um concurso para 800 agentes, seleccionados a rigor para a missão a que se destinam: conter, quando a PSP seja insuficiente, distúrbios de rua.
Sócrates pode ser acusado de muita coisa. Menos de estar distraído em matéria de segurança dos governantes. Nesta matéria foi sempre muito cuidadoso. Não fosse o diabo tecê-las.

Nuno disse...

O ASP vai então planear uma reestruturação no novo governo?