31 janeiro 2011

PAÍS DOURADO

Sabia que Portugal está no top 15 dos países do mundo com as maiores reservas de ouro? Pois, é verdade. Segundo o World Gold Council, em 2010, Portugal era o 12º país do mundo com as maiores reservas de ouro. Nada mais, nada menos do que 382,5 toneladas nos cofres do Banco de Portugal. Um dos legados do Estado Novo que um dia ainda nos pode vir a ser muito útil.

4 comentários:

JVC disse...

Se não me engano, quase 16,5 mil milhões de euros! Pergunta de leigo em economia: não se justificaria, neste aperto, vender algum ouro? Ou isso seria mal visto pelos mercados financeiros e agravaria a tendência para alta de juros sobre a dívida soberana?

Anónimo disse...

Esse ouro serve para atenuar a flutuacao de moeda em papel. Um dia, sim, pode valer-nos muito mais do que os 16 mil milhoes actuais. Alias, 16 mil milhoes agora so tapam um buraquinho dos 400 mil milhoes da nossa divida.
A malta nova agradece que nao se mexa...

Gi disse...

Se bem entendi, parte dessas reservas já tem sido vendida, mas o resultado das vendas não pode, por lei, ir directamente para os cofres do Estado, só os respectivos juros.
É o que nos vale, penso eu, ou já teria sido desbaratado.

Anónimo disse...

Food for thought.
Em 1974 tinhamos 850 toneladas de ouro no BP @100 USD a onca. Agora temos 350 @1300 USD a onca. Alguem por aqui que perceba do assunto que nos possa educar acerca do que isto representa em termos da evolucao do Net Present Value desta reserva?