05 abril 2008

PREÇOS ALIMENTARES

As notícias da subida dos preços alimentares continuam. Agora chegou a vez do arroz. Prevê-se que o preço do arroz vá aumentar significativamente nos próximos meses, provavelmente entre os 25 e os 30 por cento. Vários países têm registado protestos e manifestações das populações contra a subida dos preços dos cereais, que no último ano aumentaram de preço cerca de 40 por cento. Entre outros, já se deram confrontos por causa da subida dos preços da comida no Egipto, a Costa do Marfim, os Camarões, o Burkina Faso, em Moçambique, bem como o Haiti (ontem). A subida do preço do arroz não irá certamente ajudar.

4 comentários:

Gi disse...

Li há poucos dias (na Al Jazeera, se não me engano) que as Filipinas, que são um grande importador de arroz, já andam em aflições.

Alvaro Santos Pereira disse...

Gi,

Obrigado pela informação. Tem toda a razão. E as coisas ameaçam alastrar-se para outros países da região também

Antonio disse...

Caro Àlvaro

O problema da subida de preços não nos diz respeito. Embora na Zona Euro a ultima inflacção homóloga é já de 3.7%, em Portugal o nosso ministro das finanças continua a acreditar nos 2.2%. Afinal os números ainda têm mais faces do que você imagina. E mais não digo.

Anónimo disse...

to quere sabe o pre do pro p arro e de o mas pa faze o traba do colé te+a egual a ta? ?