06 maio 2008

OS PREÇOS DAS CASAS

Os reflexos da prolongada estagnação começam a fazer-se sentir num dos sectores que mais dinamismo demonstrou nos anos 90: o mercado imobiliário. Com a excepção do Norte do país, nos últimos tempos tem havido uma descida considerável dos preços das casas. A razão é simples: demasiado oferta para pouca procura. Assim, quem vende uma casa quase sempre se vê forçado a baixar o preço da mesma. Pelo menos para as casas das famílias de rendimento médio (o mercado das casas de luxo ainda não foi afectado grandemente). O mercado imobiliário actual beneficia os compradores e penaliza os vendedores. Enquanto o crescimento económico não se reanimar e os rendimentos médios não começarem a subir, é provável que esta situação se mantenha.

2 comentários:

Antonio disse...

Rendimentos a subir? Este Governo tem projectos para nos levar o couro e o cabelo para os próximos anos. Depois de 2 anos sem anunciar projectos agora não há um dia sem um anuncio. Hoje foram 128 milhões para novas escolas secundárias no norte do país. Oh Álvaro, você não precisa de um mordomo ou de um chauffeur lá para o Canadá?

Alvaro Santos Pereira disse...

António,

Mais do que em mordomias, tenho a certeza que o António seria extremamente eficaz como gestor de uma empresa no Canadá. O Canadá não é um mar de rosas, mas é bem mais amigo dos empreendedores do que Portugal. Pelo menos por enquanto

Abraço